quinta-feira, 19 de agosto de 2021

_ ainda há flores



_ segundo o poeta  ''uma ausência passageira 
pode ser 
metáfora de uma ausência definitiva.'

12 comentários:

  1. Bom dia de paz, querida amiga Lis!.
    A vida é enganosa e bem assim como o pensamento.
    Mas... Ainda há flores, Deus é Bom e Fiel.
    Tenha dias abençoados e floridos!
    Beijinhos com carinho e gratidão

    ResponderExcluir
  2. Ainda há flores e tomara nunca acabem...beijos, chica

    ResponderExcluir
  3. Concordo na íntegra. Onde assino?.
    .
    Cumprimentos poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  4. Flores que nos alegram a vida.
    Talvez o poeta tenha razão.
    A metáfora leva-nos quase sempre a
    algo que existirá tomando outro
    aspecto ou condição.
    Beijo
    Olinda

    ResponderExcluir
  5. Rosas e mais rosas a perder de vista.
    Se o cisne da fotografia anterior era praticamente no seu quintal na Suíça, estas rosas devem ser do seu jardim na Suíça.
    :-P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :))) quase isso, quase isso!
      O jardim é em outro quartier ,
      _ mas todos precisamos de um jardim para chamar de 'meu'. rs e
      já agendando a ida para minhas maravilhas Remus :))

      Excluir
  6. Rosas de um jardim lindo.
    Que hajam sempre muitas e alegrem a sua vida.

    Abraço Lis

    ResponderExcluir
  7. E se for definitiva... como pode doer!!!
    Agora, quanto as rosas, estas são divinas e espero que sempre as tenhamos a desabrochar pelos nossos dias!
    Beijinhos, querida,
    Valéria

    ResponderExcluir
  8. "Rosas, rosas, rosas, rosas mimosas" e um olhar cheio de ternura!
    E o poeta é sempre uma antena...
    Abraços, Lis!

    ResponderExcluir
  9. Las flores dan vida!! Una buena metafora y bella foto. Beso

    ResponderExcluir
  10. Que jardim lindo!!!! Espero vê-lo em versão primaveril, qualquer dia... calculo que seja na Suiça!
    Adorei a imagem! Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir